CHIQUINHO DA LOTERIA

Chiquinho como vice-presidente do Juventus ao lado de sua esposa Siomara

Chiquinho como vice-presidente do Juventus ao lado de sua esposa Siomara

Um dos mais conhecidos esportistas do Bairro, fanático mooquense e ardoroso juventino, Francisco Aparecido Romanucci, mais conhecido como Chiquinho da Loteria, nasceu na Rua dos Trilhos, estudou no Grupo Escolar Armando Araújo, quando ainda se situava na Rua da Mooca, e na Escola de Comércio Brasilux onde formou-se em contabilidade.

Desde muito jovem começou a trabalhar auxiliando seu pai, o também conhecido Zé Mixirica, em uma banca na feira. Posteriormente, ingressou na empresa Mecânica Nacional onde ficou até 1967 quando ingressou no ramo empresarial no segmento de bolsas e outros produtos de couro, substituindo esta atividade pelo de Lotérica no período de 1970 a 2002, que o levou a receber o apelido pelo qual se tornou conhecido. Atualmente, está no ramo de imóveis comerciais e residenciais.

Paralela a essa intensa atividade profissional, desde jovem Chiquinho teve uma enorme dedicação ao esporte quer como praticante como dirigente. Ainda garoto atuou no mirim Santos cuja sede se localizava na Rua Cuiabá, na casa do Sr. Alexandre Jazadji, pai do futuro deputado Afanásio Jazadji que também atuava nessa equipe, e no mirim Tricolor também da Rua Cuiabá.

Mais tarde, atuou em inúmeros times da grandiosa várzea da Mooca, dentre os quais o União Vasco da Gama, Brasil, Pasqual Moreira, Oliveira, etc, destacando-se também no futebol de salão atuando pelo Viracopos do IAPI (cuja sede – Chiquinho faz questão de lembrar – ficava no Restaurante Pirani, da Rua dos Trilhos) e no Lestinho.

Como dirigente foi diretor do União Vasco da Gama de 1980 a 1982, Diretor do Departamento de Futebol dos Associados do C.A. Juventus em 1994 e Vice-Presidente do C.A. Juventus na gestão 2003/2006.

Afora todo esse destaque no mundo empresarial e esportivo, Chiquinho se orgulha de ter conquistado um concurso de frases sobre a Mooca realizado por ocasião das comemorações do 450º aniversário do Bairro. A frase por ele criada foi “Mooca, quem nunca morou quer morar. Quem já morou quer voltar.”

Quem quiser contatar com o Chiquinho Loteria pode encontrá-lo em seu escritório na Rua da Mooca, 3518, fone 2601-8559 ou no conhecido bar do Giba, seu grande amigo, na esquina da Rua Visconde de Laguna x Rua Javari ou, ainda, pelo e-mail francisco.romanucci@gmail.com

Veja as fotos do jogador: